quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

MENSAGEM DO DIA

" Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira,
talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes !! "

LITURGIA DIARIA


Evangelho (Lucas 2,22-35)

Quarta-Feira, 29 de Dezembro de 2010
5º Dia na Oitava do Natal






— Glória a vós, Senhor.

22
Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23Conforme está escrito na Lei do Senhor: “Todo primo­gênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”.
24Foram também oferecer o sacrifício – um par de rolas ou dois pombinhos – como está ordenado na Lei do Senhor. 25Em Jerusalém, havia um homem chamado Si­meão, o qual era justo e piedoso, 26e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor.
27Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29 “Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30porque meus olhos viram a tua salvação, 31que preparaste diante de todos os povos: 32luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”.
33O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti uma espada te traspassará a alma”.

A ARTE DO CROCHE


https://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=3309f8c846&view=att&th=12d320e944766c3e&attid=0.3&disp=inline&realattid=f_gia6r88p2&zw






 


 


 


 














segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

MEUS TRABALHOS

ACESSE
WWW.CARMENSCROCHE.BLOGSPOT.COM

A ARTE DO CROCHE
















MENSAGEM DO DIA

Essa é minha mensaguem
NÃO DICRIMINE, SOMOS TODOS IGUAIS PERANTE A DEUS

LITURGIA DIARIA

Evangelho (João 20,2-8)

Segunda-Feira, 27 de Dezembro de 2010
São João, Apóstolo e Evangelista



No primeiro dia da semana, 2Maria Madalena saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 3Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. 4Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. 5Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou.
6
Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão 7e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. 8Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou.

domingo, 26 de dezembro de 2010

LITURGIA DIARIA


Evangelho (Mateus 2,13-15.19-23)

Domingo, 26 de Dezembro de 2010
Sagrada Família: Jesus, Maria e José




13
Depois que os magos partiram, o Anjo do Senhor apareceu em sonho a José e lhe disse: “Levanta-te, pega o menino e sua mãe e foge para o Egito! Fica lá até que eu te avise! Porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo”.
14José levantou-se de noite, pegou o menino e sua mãe, e partiu para o Egito.
15Ali ficou até a morte de Herodes, para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Do Egito chamei o meu Filho”.
19Quando Herodes morreu, o anjo do Senhor apareceu em sonho a José, no Egito, 20e lhe disse: “Levanta-te, pega o menino e sua mãe, e volta para a terra de Israel; pois aqueles que procuravam matar o menino já estão mortos”.
21José levantou-se, pegou o menino e sua mãe, e entrou na terra de Israel. 22Mas, quando soube que Arquelau reinava na Judeia, no lugar de seu pai Herodes, teve medo de ir para lá. Por isso, depois de receber um aviso em sonho, José retirou-se para a região da Galileia, 23e foi morar numa cidade chamada Nazaré. Isso aconteceu para se cumprir o que foi dito pelos profetas: “Ele será chamado Nazareno”.

Recordadas as famílias, neste domingo da Sagrada Família


Os atentados de Natal, numa igreja católica das Filipinas e outros ataques a igrejas cristãs da Nigéria foram evocados pelo Papa neste domingo ao meio-dia, por ocasião do Angelus, com milhares de fiéis congregados na Praça de São Pedro e muitos que o seguiam através da rádio e da televisão. Juntamente com os seus pêsames, Bento XVI renovou um apelo a que se abandone o caminho do ódio.

“Foi com grande tristeza que tomei conhecimento do atentado a uma igreja católica das Filipinas, quando se celebrava o rito do Natal, como também do ataque a igrejas cristãs da Nigéria. E também noutras partes do mundo, como no Paquistão, a terra voltou a ser manchada de sangue.
Desejo exprimir as minhas sentidas condolências pelas vítimas destas violências absurdas e renovo uma vez mais o apelo a abandonar o caminho do ódio para encontrar soluções pacíficas dos conflitos e para dar segurança e serenidade às caras populações.
Neste dia em que celebramos a Sagrada Família, que viveu a dramática experiência de ter que fugir para o Egipto por causa da fúria homicida de Herodes, recordemos também todos os que - em particular as famílias que são constrangidas a abandonar as próprias casas por causa da guerra, da violência e da intolerância.
Convido-vos, portanto a unirdes-vos a mim na oração para pedir intensamente ao Senhor que toque os corações dos homens e lhes traga esperança, reconciliação e paz”.

Na sua alocução antes do Angelus, Bento XVI reflectiu sobre a Sagrada Família, que a Igreja celebra neste domingo, convidando a contemplar o menino Jesus, no presépio, objecto do afecto e das atenções dos seus pais. “Na pobre gruta de Belém (escrevem os Padres da Igreja) resplandece uma luz vivíssima, reflexo do profundo mistério que envolve este Menino e que Maria e José acolhem no seu coração e deixam transparecer nos seus olhares, nos gestos, sobretudo nos seus silêncios. De facto, eles conservam no íntimo as palavras do anúncio do anjo a Maria: “aquele que vai nascer será chamado Filho de Deus”.

O nascimento de cada criança traz consigo algo deste mistério, como bem o sabem os pais que falam do “dom” que um filho para eles representa. “De facto, os seres humanos vivem a procriação, não como um mero acto reprodutivo, mas advertem a sua riqueza, intuem que em cada criatura humana que surge na terra é o ‘sinal’ por excelência do Criador e Pai que está nos céus. Como é importante, assim, que cada criança, ao vir ao mundo, seja acolhida pelo calor de uma família”.
E o que mais interessa não são as comodidades exteriores. “Jesus nasceu num estábulo, tendo como berço uma manjedoura, mas o amor de Maria e de José fizeram-lhe sentir a ternura e beleza de sermos amados”. “É disto que têm necessidade as crianças: do amor do pai e da mãe. É isto que lhes dá segurança e que, no crescimento, permite descobrir o sentido da vida”.
Não obstante as muitas provações por que passou a santa Família de Nazaré, incluindo o ter que imigrar para o Egipto – observou o Papa – confiando na divina Providência, eles conseguiram a sua estabilidade e asseguraram a Jesus uma infância serena e uma sólida educação”. “Confiemos a Nossa Senhora e a São José todas as famílias, para que não desanimem perante as provações e dificuldades, mas cultivem o amor conjugal e se dediquem confiadamente ao serviço da vida e da educação”.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL A TODOS MEUS SEGUIDORES E OS AMIGOS QUE POSTARAM COMENTÁRIOS   NO MEU BLOG
OBRIGADOOOOOOOOOOOOO


FELIZ NATALhttp://4.bp.blogspot.com/_ViJghWjx6yw/TRO4fOw2cwI/AAAAAAAAFRI/HOo77Pwd24U/s1600/def%2Balerta%2Bno%2Bnatal.jpg

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

MEUS TRABALHOS

MEUS TRABALHOS

CARMEN CROCHE

MEUS TRABALHOS

MEUS TRABALHOS, ACESSE
WWW.CARMENSCROCHE.BLOGSPOT.COM

A ARTE DO CROCHE










MENSAGEM DO DIA

LITURGIA DIARIA

Evangelho (Lucas 1,46-56)

Quarta-Feira, 22 de Dezembro de 2010
22 de Dezembro



Naquele tempo, 46Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, 47e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 48porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, 49porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, 50e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o temem.
51
Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração. 52Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. 53Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. 54Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, 55conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. 56Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Sr. Cabral e o Aborto

Sr. Cabral e o Aborto

video
terça-feira, 21 de dezembro de 2010 , Posted by Pe. Mateus Maria a

Nós acompanhamos nestes ultimos dias o pronunciamento cretino do Sr. Cabral, Governador do Rio de Janeiro. Ainda mais porque fundamente o aborto dizendo: "Quem aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar?", Eu não tive! Além dele pensar que todos os demais que escutavam eram assassinos, que tinham mandado a sua namoradinha matar, ele incita o Aborto como algo normal, comum, como uma brincadeirinha de adolescentes.

Cabral também criticou a falta de discussão sobre o tema. "Há uma hipocrisia no Brasil. Esse tema foi muito mal discutido na campanha eleitoral. As pessoas já conhecem minha opinião. Acho que primeiro que a mulher tem que ser muito ouvida", afirmou.

É verdade, nós que defendemos a vida somos hipócritas! É verdade, devemos escutar as mulheres, então façamos o seguinte, comecemos a escutar as mulheres que já fizeram o aborto e veremos se são felizes, contentes, e se escolheram e melhor opção! Minha experiência de confissionário mostra que as mães que mataram os seus filhos no seu ventre são infelizes, tristes, e levam consigo o peso da morte e não se perdoam.

É triste ver um governador defender o aborto, a morte, o aumento da Promiscuidade, como política de segurança pública.

Nós não podemos nos calar diante destas imbecilidades que escutamos, não podemos ser mais um povo passivo nas mãos dos governantes.

Se não somos a favor da morte, devemos protestar, de forma direta, e para isso vos convido a usar o instrumento da Secretaria dos Direitos Humanos, o Disque 100, que por sinal é gratuito.

Lique para o Disque 100 e diga: "Quero registrar meu protesto contra o Governador do Rio de Janeiro, Sr. Sérgio Cabral, que quer legalizar o aborto para facilitar a promiscuidade e o controle populacional. Quero denunciar a incitação do Aborto por parte do Governador do Rio de Janeiro, pois não aceito que uma autoridade pública dê um pronunciamento tendencioso como este, em público, promovendo uma prática que é crime, e matança de inocentes" (para saber como fazer, veja o vídeo acima).

Proteste, use o serviço público e deixe a sua queixa!

Faça a sua parte de cidadão, e seja a favor de Deus, da Vida!!! Não podemos ser omiços, diante da incitação ao Aborto, diante do insentivo da matança dos inocentes!!

Pe. Mateus Maria, FMDJ
Prior do Mosteiro Menino Jesus

MARUJADA - CULTURA DO BRASIL

                                          A MARUJADA DE BRAGANÇA é de origem essencialmente nortista, concebida em Bragança, estado do Pará. As festas de MARUJADA fazem parte do ciclo das festas de cunho cristão. Sua origem remonta do fim século XVIII, quando um grupo de catorze escravos pretos assumiram compromisso com seus senhores brancos e cristãos de criar uma irmandade em louvor a São Benedito. Para ratificar o compromisso foi criado o festejo que ficou conhecido como Marujada de Bragança.
A Marujada paraense é dançada e cantada respectivamente por homens e mulheres.
A indumentária principal é, para homens: Calça branca, jaqueta. Chapéu com copa alta, coberta de penas de aves e de flores; mulheres: blusa com rendas brancas, saia apertada nos quadris e larga embaixo. As saias são estampadas com cores muito vivas. O vestuário ainda compõe de várias anáguas. As mulheres colocam flores de jasmins sobre a orelha ou enfiadas nos cabelos.
Coreografia principal: Os assistentes formam um círculo, espécie de anfiteatro em volta dos dançantes que no seu centro formam pares. O passo é curto e rápido. Os pares dançam separados enquanto a dançarina tenta passar a saia sobre a cabeça do parceiro, numa espécie de cortejo. No entanto, em seguida ela se esquiva.
O ritmo é acompanhado por tambores africanos e se aparenta com o ritmo do lundu, do chorado e do carimbó.
Alguns versos se destacam durante o batidão:

"Vou fazer uma canção em louvor ao Santo Preto
Canta povo bragantino: bendito, ó bendito!
Quando chega dezembro, qual o santo que está no andor?
É São Benedito nosso Senhor
Marujada de São Benedito
Em louvor ao protetor
Vem vestido de azul ou vermelho
Cartmim nas festa ou no barracão
danço xote, mazurca e chorado
nos duzentos anos de louvação
Mas fico mesmo encantado quando danço o retumbão".

É bom lembrar que há uma outra espécie de Marujada dançada no nordeste. É uma marujada conhecida também como Chegança, de origem ibérica e que tem características náuticas.


Mensagem de abertura da 212ª Festividade do Glorioso São Benedito de Bragança

http://1.bp.blogspot.com/_Bnc8m15a5d0/TP5oYr32RCI/AAAAAAAACBc/kQUjV4TdveA/s1600/C%25C3%25B3pia%2Bde%2BSBen%2BMenJesus%2B01.JPG                                                                                                                                                    MENSAGEM PARA A FESTIVIDADE DE SÃO BENEDITO 2010
Povo de Deus... Começa mais uma festividade do Santo Glorioso do povo bragantino! Vejamos um pouco de História:
Mais uma vez nossa fé e devoção são postos à mostra, como fundamentos da História e da Cultura dessa cidade prestes a completar 400 anos. Essa religiosidade exprimiu diversas realidades nesse tempo todo: a primeira, com as devoções portuguesas que nos foram confiadas na evangelização jesuítica de origem ibérica; a segunda, as devoções africanas e caboclas na Vila de Bragança, na Amazônia Colonial.
As devoções populares inauguraram a primeira festividade de São Benedito em 1798, com a fundação daquela Irmandade de marujos e marujas. Esse projeto foi uma luta importante para elevar os humildes marginalizados e garantir o seu crescimento da fé, na irmandade e na Igreja.
A escravidão ao mesmo tempo em que gangrenou aquela sociedade criou padrões de luta, liberdade e resistência, mas que fez brotar no coração daqueles homens e mulheres os bons auspícios para a busca pela cristandade e por Jesus Eucarístico, até nas melodias de seus cantos e folias, rezas e ladainhas, como vemos até hoje por ocasião das esmolações.
A Marujada tornou-se expressão dessa religiosidade, em cores e passos, com gestos lânguidos, reverentes e dançando como uma oração, a devoção e o agradecimento, tudo junto: fé, cultura em movimento e história se construindo em torno das heranças africanas e amazônicas. E todos juntaram o que puderam de melhor, como o tambor, a cuíca, o reco-reco e a rabeca.
É evidente que com o passar do tempo e com o fim da escravidão, a festa veio a ter ares de popularidade e sem ofuscar o Natal em Bragança, mas complementando-o, essa festa foi ganhando o mundo em devotos e romeiros, marujos e marujas. E essa história já dura mais de 200 anos. E vieram muitos e muitas, do vale do Caeté, das vilas e distritos, das roças e das lavouras, dos Campos, das Praias e das Colônias, e testemunharam o poder de Deus na humilde intercessão de São Benedito.
Dário Benedito Rodrigues
Na figura de uma pequena relíquia, Benedito nos encaminha a Jesus. É São Benedito nos mostrando Jesus, na fé e na força de todos e de todas, que ao longo do tempo encarnam com a própria cultura a sua religiosidade cristã. O Santo Negro, o marujo de fé, cordialmente nos convida a nos reunirmos com ele, em seu altar-mor, para adorar a Jesus Cristo, nosso Salvador, olhando para o irmão e para a irmã que mais sofrem e pedindo bênçãos para a nossa terra, com alegria e confiança.
Recebamos as bênçãos do Glorioso São Benedito...
Pe. João Nelson Pereira Magalhães
Presidente Eclesiástico da Festividade

A ARTE DO CROCHE









MENSAGEM DO DIA

NASCIMENTO DE JESUS É UMA MENSAGEM .......

 Nascimento de Jesus é uma mensagem de esperança para todos os povos.

Estamos nos aproximando do dia 25 de dezembro, uma data muito esperada e comemorada. Pois nesse dia as famílias decoram suas casas com ornamentos típicos da época, para esperar a chegada do papai Noel e fazer trocas de presentes durante a ceia.

Essa tradição é feita de geração em geração. É muito agradável estar junto com nossos entes queridos. Porem são poucas as pessoas que compreendem a importância desse dia.

A sagrada escritura que é a Palavra de Deus, no livro do profeta Isaías capítulo nove versículo seis, está escrito: porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado – Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno e Príncipe da Paz.

Qual é a relação desse trecho bíblico, com o dia de natal? Por que é tão importante para humanidade?

Podemos dizer que é uma data que traz para todo ser esperança, e produz no coração da humanidade maior sensibilidade. Mas todo esse sentimento passa rápido, como a virada do dia, logo os homens esquecem o sentimento que os fez solidários na noite de natal, e sua vida volta a ter a mesma rotina.

Tal fato ocorre porque alguns homens não compreendem a importância do nascimento de Jesus. Ele foi chamado Emanuel, que significa Deus conosco, ou seja, esse menino que nos nasceu e cresceu e viveu como homem sendo Deus.

Seu objetivo maior revelar- se para toda humanidade, como aquele que tem poder, para resgatar o homem do seu pecado e da injustiça. Sendo assim, o nascimento de Jesus é importante por que sem ele a humanidade não conseguiria compreender o verdadeiro sentido da esperança e do amor.

Jesus é o nosso conselheiro, o único que traz a paz em meio a tanta tragédia e decepções. Em Jesus o homem encontra a eternidade para sua vida. Portanto, a mensagem de natal não se resume na imagem do papai Noel, um mito criado como símbolo do natal. Pois a maior mensagem está contida com o nascimento de Jesus, que tem poder para perdoar os pecados e resgatar a humanidade, pois sem Jesus, o homem por si mesmo não conseguirá retornar para Deus.

Deus criou o homem para ter vida eterna ao seu lado, sem acepção de pessoas. Porque Deus amou o mundo de tal maneia que deu seu filho unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo. 3.16).

Portanto, se você está entre aqueles que não compreendiam o verdadeiro sentido do natal com relação ao nascimento de Jesus, você tem a oportunidade esse ano para refletir e descobrir o quanto Jesus te ama.

Desejo a vocês que leram essa mensagem um feliz natal e prospero ano novo.

 Que o amor, a bondade, a misericórdia e a graça de Deus estejam sobre sua vida.

LITURGIA DIARIA

Evangelho (Lucas 1,39-45)

Terça-Feira, 21 de Dezembro de 2010
21 de Dezembro



39
Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. 40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. 41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. 42Com um grande grito, exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!” 43Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? 44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. 45“Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu”.